Narrativas em scroll

«Um estúdio design-first que resolve verdadeiramente o problema do cliente com uma oferta multidisciplinar. Elevamos produtos e empresas no digital como best-in-class sempre num equilíbrio entre experiência e interactividade assentes sobre uma camada de design, sem que esta constitua um obstáculo.»

É desta forma que Adriano Esteves, fundador e director criativo da Bürocratik, descreve a empresa que criou há 15 anos e que está hoje no 21.º lugar no Top das Agências Digitais mais premiadas Awwwards (a nível mundial).

Na prática, explica, «isto traduz-se na procura constante de excelência em todos os detalhes, o que se transpõe em trabalhos, no papel ou digital, com um impacto positivo no negócio». A maioria dos clientes procura-os pelos prémios e websites, mas na realidade acabam por fazer extensões de identidade para digital.

«Os nossos sites são histórias com indícios de carinho ao longo da narrativa em scroll, projectamos as marcas e empresas online ao nível do que precisam. É um processo de intervenção profundo em que se questionam imensas coisas, além do briefing e budget inicial, é uma colaboração intensa em que a marca tem de estar preparada para dar sempre o extra, que vai fazer a diferença, com a garantia que vai ter a presença online resolvida por alguns anos e pronta para as interacções seguintes», assegura.

O trabalho feito pela Bürocratik – para empresas e marcas tão díspares como Unilever, Panike, Moving Picture Company, Couro Azul, IBM, Porto Cálem, Kopke, Coca-Cola, The Navigator Company, Aquafresh, Hi Fly, PrimeIT e Affinity Portugal – fala por si. «Somos um estúdio pequeno – 12 pessoas – que faz grandes trabalhos.»

A chegar às duas centenas de prémios e distinções nacionais e internacionais, Adriano Esteves destaca o trabalho realizado para a couroazul.com, que foi o website da Bürocratik mais premiado de sempre. «Constitui o nosso ponto mais alto em termos de processo e resultado final. Mudou a forma de lidarmos com os clientes e as exigências que é preciso fazer em cada projecto. Só foi possível pois o cliente estava preparado para o processo e gostava verdadeiramente de marcas e design.» Entre os pontos altos destes 15 anos do estúdio destaca o facto de terem chegado ao top 20 das melhores agências digitais a nível mundial.

Mas ser a Agência do Ano Digital no Clube de Criativos de Portugal também é um ponto importante, uma vez que, desde 2013, os sites do estúdio estão nos melhores do ano no CCP, mas só este ano decidiram submeter mais entradas. Adriano Esteves conta que estar presente pelo 7.º ano consecutivo nos Lovies Awards (UK) e 6.º ano consecutivo nos European Design Awards também o orgulha e demonstra a consistência do trabalho.

O responsável conta que os prémios são importantes por darem visibilidade. Sempre que se ganha um Awwward o número de pedidos aumenta exponencialmente. Congratulando-se com o facto de cada vez existirem mais pessoas nas equipas de marketing que percebem o que fazem, querendo fugir da norma imposta das skills de agências que detêm a conta, o director criativo revela que foi assim que conseguiram, em 2009, iniciar uma colaboração de seis anos com a Unilever ao fazer um sistema de gestão de brand assets para várias categorias.

«Foi com este cliente que percebemos que a nossa oferta é mais compatível com sites de produto ou campanhas. Mais do que mudar toda uma infra-estrutura digital, as marcas têm de experimentar os benefícios em escalas e desafios menores e progressivamente mudar o resto do espectro das presenças online. »

O problema, confessa, é que nesta área anda tudo demasiado depressa e em 10 anos mudou quase tudo. A intenção do estúdio no imediato é evoluir a layer de áudio e música feita à medida das experiências, como já foi antes com o 3D.

Branding Digital by Büro

A Büro pode ser facilmente considerada apenas uma agência digital, mas a verdade é que «sites são apenas a ponta do iceberg », comenta Adriano Esteves, «para fazer sites incríveis tudo tem de estar alinhado: estratégia, conteúdos, branding e ao longo do nosso percurso fomos lapidando as skills de type design, motion graphics, 3D e tudo o que foi necessário para materializar uma marca, produto e presença online ao melhor nível».

A Büro acaba de lançar um site onde está no processo de sistematizar 20 anos de trabalho. Vai estar concluído apenas em Fevereiro de 2020 e «está a ser um processo muito revelador. Aguardamos a próxima fase da Büro com muito optimismo», confessa Adriano Esteves, «de preferência com marcas e empresas nacionais que queiram dar o salto digital». www.burocratik.com

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Deloitte tem nova liderança no Marketing e Comunicação
Automonitor
Elétricos: Galp vai inaugurar primeiro ponto de carregamento em São Miguel