A melhor experiência de emprego

MARKETEER CONTENTS

Com uma operação consolidada no mercado dos recursos humanos, neste momento o Grupo Multipessoal atravessa uma fase de transformação sustentada e direccionada para as pessoas, processos e tecnologias. «Esta transformação tem como finalidade transformar o nosso grupo numa organização completamente adaptada às actuais exigências do mundo VUCA (sigla para Volatile, Unpredictable, Complex e Ambiguous), garantindo assim a melhor experiência de emprego em Portugal», garante António Eloy Valério, CEO do Grupo Multipessoal.

O Grupo Multipessoal foi criado em 1993 para oferecer soluções de recursos humanos. Quais os pontos-chave neste percurso?

O grupo deu os primeiros passos em 1993, com um objectivo muito bem definido: tornar-se, a médio prazo, um player de referência no mercado de recursos humanos em Portugal. No início, existiam apenas dois produtos, o trabalho temporário e o outsourcing. Nos anos que se seguiram fomos crescendo de forma sustentada, aumentando a nossa rede de escritórios e criando algumas áreas de especialização, como, por exemplo, a M Search (recrutamento e selecção de quadros médios e superiores). Entretanto, o mercado continuou em crescimento e sentimos necessidade de dar resposta através de soluções para projectos de média e longa duração. Hoje, o Grupo Multipessoal é o maior grupo português a operar no mercado de recursos humanos, com uma actuação pautada pela ética e inovação. Estamos numa fase de transformação sustentada e direccionada para as pessoas, processos e tecnologias.

O que distingue a Multipessoal de outras empresas concorrentes?

Decorrente da experiência de estarmos no mercado há mais de 25 anos, temos o know-how, assim como a confiança e reconhecimento dos nossos stakeholders. Fomos crescendo e com o desenvolvimento, em dimensão e maturidade, conseguimos abordar as adversidades como oportunidades e reconhecer que, sendo humanos, não conseguimos a perfeição, mas garantimos que temos no nosso ADN a ambição de alcançá-la num processo de constante melhoria e adaptação ao mundo actual. Actualmente, as pessoas já não se contentam com um trabalho das 9 às 18h que lhes garante estabilidade financeira e benefícios comuns.

Os profissionais de hoje não querem estagnar, procuram o desenvolvimento constante e poucos são aqueles que fazem a mesma coisa durante toda a vida. Como suporte de uma boa experiência de emprego destaca-se a existência de um sense of purpose. As pessoas gostam de se sentir úteis e ver que o seu trabalho resulta em algo tangível que detenha um propósito com impactos positivos, não só na sua experiência profissional, mas que contribuem também com valor acrescentado para a sociedade. Com uma estratégia de adaptação ao mundo VUCA, o Grupo Multipessoal está a transformar-se para dar resposta a estes requisitos garantindo uma atitude ética, agregadora e bidireccional. A filosofia, a missão e os valores fazem parte integrante do ADN da nossa organização.

A complexidade neste processo advém de uma pluridependência entre todos os nossos stakeholders. Estou convicto de que para a nossa organização garantir a melhor experiência de emprego, de forma sustentável e autêntica, esta não pode estar associada a um projecto individual, um departamento ou uma liderança. Resultados sustentáveis carecem de uma visão holística, flexível e partilhada, que envolva todos os stakeholders e que lhes suscite a capacidade de automotivação pessoal. Desta forma, serão os próprios a quererem dar o máximo em prol do compromisso com a organização. É esse o principal factor que nos distingue da concorrência. É muito desafiante mas é, sem dúvida, igualmente distintivo e recompensador, pois encontramo-nos a concretizar o nosso processo de transformação e, passo a passo, começamos a sentir que estamos a alcançar a ambição de nos tornarmos a referência de emprego em Portugal.

Quais as tendências para este ano no mercado de trabalho?

As tendências para este ano formam-se em torno de três macrotemáticas: o desenvolvimento aprofundado das soft skills, a flexibilidade laboral e a tangibilidade do valor acrescentado do trabalho. Se a primeira é a base para captar os melhores talentos, a flexibilidade laboral é o caminho a seguir para os reter, a par com a tangibilidade do valor acrescentado do trabalho de cada colaborador. Relativamente às soft skills, é necessário que as empresas aprendam a identificar, gerir e contratar com base em competências humanas que se mostram cada vez mais importantes no perfil de um bom profissional.

Falo de características como a criatividade, as capacidades de negociação, de pensamento crítico, de colaboração, de adaptação, de automotivação e ainda o time management. As novas gerações preferem abdicar de um salário mais elevado, se com isso conquistarem maior flexibilidade. Além disso, gostam cada vez mais de se sentir úteis e verem que o seu trabalho resulta em algo tangível, que detenha um propósito com impactos positivos, inclusive para a sociedade.

Quais as principais soluções e serviços disponibilizados pelo grupo?

O Grupo Multipessoal oferece quatro soluções: trabalho temporário, outsourcing, recrutamento e selecção especializados em diferentes áreas, e ainda serviços de consultoria. Quando recrutamos, contratamos e colocamos profissionais em regime de trabalho temporário, garantindo um acompanhamento integral do processo. Este inicia-se com uma estratégia eficaz de recrutamento, que inclui a adequação dos candidatos às funções, sob o ponto de vista técnico e psicológico, assim como o cumprimento de curtos prazos de tempo exigidos pelas empresas.

O outsourcing tem como objectivo a melhoria da produtividade e a maximização da eficiência nas operações, passando o nosso serviço pela criação de sistemas de apoio ao recrutamento e selecção, ao processamento de salários e gestão contratual, bem como a gestão integral das operações. Além destas soluções, oferecemos também os serviços de consultoria na elaboração de modelos de competências, planos de gestão de carreiras, estudos de clima organizacional, entre outros. A nível de formação, temos competências próprias e experiência necessária para disponibilizar cursos para desenvolvimento de skills, gestão estratégica de recursos humanos, e ainda intervimos nas áreas financeira e administrativa.

Quais as áreas de negócio que têm maior peso sobre o volume de negócios?

A área de negócio que tem maior peso em termos de volume de facturação é o trabalho temporário, apresentando nos últimos quatro anos um crescimento em torno dos 7%. Este é um sector em forte crescimento e, a par da tendência de crescimento do mercado, é aqui que se encontra o core do crescimento na nossa organização, que ronda actualmente um volume de negócio consolidado na ordem dos 100 milhões de euros.

O Grupo Multipessoal gere uma carteira de mais de 850 clientes. Quais os principais clientes, em Portugal e no estrangeiro?

Os principais clientes do Grupo Multipessoal são de áreas muito diversas. Na área de trabalho temporário estamos presentes nos mais diversos sectores de actividade, tendo maior representatividade na nossa carteira clientes das indústrias exportadoras, turismo, canal Horeca e serviços de distribuição. No recrutamento e selecção especializados respondemos às empresas com necessidades nas áreas comerciais e de marketing, banca e serviços financeiros, engenharia e tecnológicas. No outsourcing, destaca-se o sector das tecnologias de informação e telecomunicações. No outsourcing em field marketing actuamos sobretudo com clientes de um segmento específico, como o da cosmética de luxo e consume and pharma.

Em 2018, quantas pessoas é que a empresa colocou no mercado de trabalho?

No ano passado o Grupo Multipessoal proporcionou a melhor experiência de emprego a cerca de 25 mil pessoas.

Ao fim de 25 anos, o Grupo Multipessoal mantém-se como 100% português. Este é um factor valorizado pelo mercado?

Estou convicto que sim! O Grupo Multipessoal é o maior grupo português a operar no mercado de recursos humanos em Portugal, daí que seja de extrema importância para nós definir o caminho a trilhar para redefinir o papel legítimo da nossa organização na sociedade portuguesa. Estamos convictos que temos de garantir o crescimento responsável da nossa organização, investindo no desenvolvimento não só do nosso grupo, mas também do nosso capital humano e da economia e, com isso, estaremos a contribuir para o desenvolvimento sustentável da sociedade portuguesa.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Via Verde Estacionar Lisboa com 1.º estacionamento gratuito