Multibanco e Euro 2016: está tudo ligado

A rede Multibanco criou uma infografia sobre o Euro 2016 sob o formato de um Jogo da Glória. Cada casa do jogo corresponde a um dia do campeonato e o peão é Portugal. A ideia da marca é apresentar os resultados do comportamento dos portugueses durante os dias 10 de Junho e 10 de Julho de uma forma apelativa.

Vamos às conclusões: no dia do primeiro jogo da Selecção de Portugal, os portugueses consumiram mais 30% do que no mesmo dia do ano anterior – curiosamente a mesma percentagem de posse de bola que a Islândia teve durante a partida; no dia do jogo frente à Hungria, e que valeu um passe para a fase seguinte, o valor total de compras e levantamentos correspondeu a 722 vezes o prémio de cada jogador português (250 mil euros); durante todo o campeonato, cada português realizou, em média, quatro levantamentos e nove compras, o equivalente a metade do total de remates ocorridos durante o Portugal x Áustria.

A rede Multibanco revela ainda que, em dias de jogo de Portugal, cada português gastou, em média, 11 euros em restauração (número de jogadores em campo), 20 euros (número do Quaresma) em supermercado e 23 euros (número de jogadores convocados) em vestuário. Em França, os portugueses realizaram compras e levantamento equivalentes a seis vezes a capacidade do Stade Vélodrome, onde Portugal derrotou a Polónia.

Chegados às meias-finais, cada português movimentou cerca de 20 euros por compra ou levantamento no dia 6 deste mês, quando a selecção jogou com o País de Gales. Por fim, no dia da final do Euro 2016, Portugal parou: o número de levantamento durante os minutos do jogo caiu a pique.

Consulte aqui a infografia.
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...