Movimento Heat The Street alarga a mais quatro cidades

O projecto Heat The Street está de volta. No dia 22 deste mês, os portugueses são, uma vez mais, chamados a doar casacos e agasalhos de que já não precisam. Este ano, além de Lisboa, também as cidades de Braga, Viseu, Sines e Covilhã se juntam ao movimento.

O objectivo, explica a organização, é transformar as ruas de Portugal num “RUApeiro Solidário”. Em vez e promover um só evento na Avenida da Liberdade, em Lisboa, como era habitual, o projecto Heat The Street quer chegar ao maior número possível de pessoas e locais.

A sugestão passa por criar uma nova tradição de Natal: no dia 22 de Dezembro, juntar amigos, colegas ou familiares e sair à rua com casacos na mão. Os agasalhos poderão ser pendurados em qualquer local, ao alcance de quem mais precisa. A organização aconselha apenas a que sejam imprimidas as etiquetas do Heat The Street (na imagem em cima) para que o destino das peças esteja bem identificado.

“Não levas um agasalho? Alguém pode precisar” é o mote da edição deste ano do movimento, que também está aberto a eventos de maior escala. Os interessados terão apenas de entrar em contacto com a equipa Heat The Street através do formulário disponível no site do projecto.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...