Mini leva cinema drive-in ao Festival Iminente

O arranque da edição deste ano do Festival Iminente faz-se com cinema. A Mini juntou-se à organização do evento para promover o Cinema Drive-In by Mini, que irá exibir um filme por dia, entre amanhã, 29 de Setembro, e 2 de Outubro, apresentando “olhares diversos sobre contextos e expressões de cultura urbana”.

Trata-se de uma iniciativa de cinema ao ar livre, que irá decorrer na Matinha, em Lisboa, onde o Festival Iminente terá lugar logo depois, entre 7 e 10 de Outubro.

Amanhã, no primeiro dia do Cinema Drive-In by Mini, será transmitido o filme “Do The Right Thing”, realizado por Spike Lee. No dia 30, será a vez do filme “Taxi”, realizado por Jafar Panahi, seguindo-se “Ema”, de Pablo Larraín, a 1 de Outubro.

O evento de aquecimento para o Festival Iminente termina no próximo sábado, dia 2 de Outubro, com a exibição do filme “La Haine”, de Mathieu Kassovitz. Também neste dia, será transmitida a curta de Luísa Homem e Inês Sapeta Dias que foi desenvolvida no âmbito do projecto “Bairros: Workshops Artísticos Comunitários Iminente” com as crianças do Per 11 na Alta de Lisboa.

Além disso, a programação inclui três filmes que resultam de uma parceria com a RTP e a Antena3 e que abordam a evolução da cultura do Hip-Hop em Portugal.

Os bilhetes estão disponíveis por oito euros (viatura + dois ocupantes), acrescentando dois euros por cada pessoa extra. Quem quiser, poderá ainda tentar conquistar um dos bilhetes que a Mini irá oferecer através de um passatempo nas redes sociais, mas, atenção, apenas podem participar proprietários de um Mini.

Programa Cinema Drive-In by Mini

29 Setembro

— Implantação da Rapública #1: Dançar o Hip-Hop (Bruno Martins, 2019, PT)

— Do the Right Thing (Spike Lee, 1989, EUA)

 

30 Setembro

— Implantação da Rapública #2: Pintar o Hip-Hop (Bruno Martins, 2020, Portugal)

— Taxi (Jafar Panahi, 2015, Irão)

 

1 Outubro

— Implantação da Rapública #3: Girar o Hip-Hop (Bruno Martins, 2021, Portugal)

— Ema (Pablo Larraín, 2019, Chile)

 

2 Outubro

— Perdidos e Achados (Luísa Homem e Inês Sapeta Dias, 2021, Portugal)

— La Haine (Mathieu Kassovitz, 1995, França)

 

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...