Mercadona poupa 1.600 toneladas de plástico virgem com novas embalagens de pizza

A Mercadona incorporou plástico reciclado nas embalagens das suas pizzas refrigeradas, em linha com a Estratégia 6.25 que envolve um investimento de mais de 140 milhões de euros, até 2025, de forma a tornar o negócio mais sustentável. Com esta alteração, a cadeia de supermercados prevê poupar 1.600 toneladas de plástico virgem por ano.

Até 2025, a Mercadona espera reduzir em 25% o plástico presente nas suas embalagens e este é o mais recente passo nesse sentido. Todas as embalagens das pizzas refrigeradas da marca Hacendado são produzidas com plástico reciclado e, além disso, são recicláveis, reforçando a aposta na economia circular.

Segundo a Mercadona, o linear de pizzas conta com um amplo sortido com diferentes opções, tanto em termos de sabores como de tamanhos e formatos. Ao todo, são 24 variedades, incluindo proposta sem lactose e sem glúten.

Recorde-se que a Estratégia 6.25 visa também tornar todas as embalagens de plástico recicláveis e reciclar todos os resíduos de plástico gerados nas suas instalações, no prazo de quatro anos. Para atingir os objectivos traçados, a Mercadona está a actuar em seis eixos diferentes, que vão desde a reformulação das embalagens em coordenação com os fornecedores à adaptação das lojas e dos centros de logística, entre outros.

No passado mês de Janeiro, a Mercadona alcançou aquele que diz ser o primeiro marco da estratégia: eliminar os sacos de plástico descartáveis de uso único em todas as secções das lojas. Em alternativa, surgem sacos compostáveis feitos de fécula de batata e que podem ser depositados no contentor do lixo orgânico, bem como opções reutilizáveis.

A esta conquista junta-se ainda a eliminação dos descartáveis de plástico de uso único em toda a cadeia. Com esta segunda mudança, já concluída, a Mercadona deixa de utilizar 3.000 toneladas de plástico por ano, o equivalente a 120 camiões.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...