Mercadona exporta 90% do que compra a fornecedores portugueses

No ano passado, a Mercadona comprou produtos portugueses no valor de 126 milhões de euros. Do total de artigos adquiridos, 90% teve como destino as lojas da cadeia em Espanha, ficando apenas 10% reservado para o mercado português – onde o número de supermercados Mercadona é significativamente mais reduzido face ao país vizinho (10 versus 1.600).

Em relação a 2018, os produtos adquiridos a fornecedores portugueses – que são, actualmente mais de 300 – aumentou 43% em valor. Em comunicado, a retalhista espanhola adianta que, desde 2016, ano em que anunciou a sua entrada em Portugal, já comprou um total de 329 milhões de euros a fornecedores nacionais. Fruta, lactícionios e peixe são alguns exemplos.

Em 2019, a Mercadona comprou 1.160 toneladas de pêra Rocha, 3.795 toneladas de maçã Royal Gala e 2.350 toneladas de maçã Golden a empresas como Cooperfrutas, Frutas Cruzeiro, Patrícia Pilar, Global Fruit, Lusopera ou Frutitaipina. Também comprou 22 toneladas de banana da Madeira.

Nos Açores, fechou parceria com a Lactaçores, tendo adquirido 127 mil quilos de queijos e cerca de 30 mil litros de leite, no ano passado. Quanto ao peixe, a Mercadona garante que opta pelas lotas locais de modo a oferecer o peixe mais fresco possível. Em 2019, comprou cerca de 1.500 toneladas de peixe nas lotas de Matosinhos, Aveiro, Peniche, Sesimbra, Olhão, Quarteira e Portimão.

«A nossa relação com fornecedores portugueses começou antes da nossa vinda para o país e tem-se intensificado ao longo dos anos», conta Elena Aldana, directora-geral Internacional Relações Externas da Mercadona. Em comunicado, a responsável sublinha ainda que a empresa está muito satisfeita com a cadeia de abastecimentos que «durante a actual crise de saúde, demonstrou uma capacidade de resposta excepcional perante os desafios, para que nada falte na mesa dos portugueses».

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...