McDonald’s: «Queremos ser um dos destinos mais seguros para voltar a comer fora»

A McDonald’s é uma das marcas que viu as vendas caírem devido ao novo coronavírus. Sérgio Leal, director de Marketing e Comunicação da cadeia em Portugal, afirma que «o sector da restauração é, provavelmente, um dos mais afectados e a McDonald’s, obviamente, não foge à regra».

A aposta foi, por isso, para o delivery e para o drive – à semelhança de outras marcas do sector. No caso da McDonad’s, Sérgio Leal sublinha que são serviços já bem implementados e com bastante notoriedade. Ainda assim, apesar de serem canais importantes, os restaurantes são fundamentais.

«Estamos a preparar-nos o melhor possível para rapidamente poder voltar a receber os consumidores também nos nossos restaurantes», afirma o responsável, vincando que o foco está na segurança de clientes e colaboradores. «Queremos ser quase como um dos destinos mais seguros para que as pessoas possam voltar a comer fora de casa. É essa a nossa ambição.»

Em conversa com M.ª João Vieira Pinto, directora de redacção da revista Marketeer, Sérgio Leal admite ainda que o delivery e o drive não compensam a quebra verificada com o encerramento dos restaurantes. «São canais que ajudam a amortecer», diz, mas não compensam.

Acompanhe a conversa na íntegra no vídeo em baixo:

Nota: a entrevista foi realizada antes do anúncio das medidas de desconfinamento. O Governo anunciou entretanto que os restaurantes poderão reabrir a 18 de Maio, ainda que com algumas condições – nomeadamente, lotação a 50%.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...