Mattel evasiva sobre Barbie careca

barbie1Na sequência de uma campanha lançada na rede social Facebook para a introdução no mercado de uma Barbie careca, a fabricante da icónica boneca emitiu um comunicado, onde não exclui, mas também não confirma, a hipótese de aceitar o pedido.

O objectivo da campanha, criada por Jane Bingham e Beckie Sypin, é ajudar crianças que tenham perdido o cabelo devido a tratamentos de cancro, alopécia ou tricotilomania, a ultrapassarem essa situação. “Estamos honrados que Jane Bingham e Beckie Sypin acreditem que a Barbie podia ser o rosto de uma causa tão importante. A Mattel agradece e respeita a paixão reunida neste pedido para uma boneca Barbie careca”, afirma um porta-voz da fabricante norte-americana, em comunicado citado pelo site britânico Marketing Magazine.

Apesar de evasiva, a resposta da fabricante de brinquedos representa já um avanço na proposta das duas mulheres. Ao primeiro contacto com a Mattel, ainda antes do Natal, Jane Bingham e Beckie Sypin obtiveram uma resposta padrão a informar que a companhia “não recebe ideias não solicitadas de fontes exteriores”. No entanto, tendo em conta o sucesso da página da campanha no Facebook, que conta já com mais de 138 mil subscritores, a empresa norte-americana decidiu emitir o comunicado.

As duas mulheres, ambas com filhas que perderam cabelo após tratamentos de cancro, alegam que a criação e comercialização de uma boneca Barbie careca poderia ajudar a demonstrar que as mulheres carecas também podem ser bonitas. Para além da página na rede social, decorre na internet uma petição para a criação de uma Barbie “bonita e careca”.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...