Máscaras da Labrador revertem a favor do Banco Alimentar

Muitas têm sido as marcas a nascer para dar resposta à procura por máscaras e muitas também as empresas que adaptaram o seu negócio no sentido. A Labrador junta-se a esta lista ao fabricar máscaras de protecção que são também solidárias, uma vez que permitem apoiar o Banco Alimentar Contra a Fome.

A marca portuguesa de vestuário e acessórios masculinos já produziu cerca de 300 máscaras sociais e tenciona doar o lucro das vendas à organização responsável por reduzir o número de pratos vazios no País. As máscaras estão à venda na flagship store da Labrador, na zona das Amoreiras, em Lisboa, por 6,50 euros. Também podem ser encontradas na loja online da marca.

«Os nossos dedicados e talentosos alfaiates usaram a sua arte para ajudar, produzindo máscaras, que vendemos com o objectivo de contribuir para uma causa, com aquilo que sabemos fazer melhor», conta José Luís Pinto Basto, CEO da Labrador.

As máscaras da Labrador são de algodão e linho, reutilizáveis e produzidas manualmente durante o tempo em que as lojas estiveram encerradas. Estão disponíveis em diferentes padrões: lisos, às riscas azul/bourdeaux e azuis com riscas brancas.

Em comunicado, a Labrador adianta que prevê continuar a produzir mais modelos e novas opções, de acordo com a procura.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...