Marketplace incentiva trocas entre empresas e instituições

Quando empresas e instituições se juntam, nem sempre é necessário que haja dinheiro envolvido. É deste princípio que parte o Marketplace, um mercado social, importado da Holanda pela Fix Social Engagement, e que promove trocas de bens e serviços sem notas ou cartões à vista. A 19 de Novembro, no Museu da Electricidade, serão organizados matches que se podem traduzir em “voluntariado, conhecimento, acesso a redes, bens, em criatividade, serviços, instalações”, entre outros.

Volvidas três edições em Portugal – em Lisboa, no Porto e em Oeiras -, o Marketplace volta à capital, com a Câmara Municipal de Lisboa com parceiro oficial, para ajudar a colmatar as falhas que as empresas e instituições possam ter. Em comunicado, a organização refere que o apoio nas áreas de Marketing e de Fundraising é um dos pedidos mais recorrentes.

Neste momento, existem mais de 40 inscrições por parte de Instituições Sem Fins Lucrativos, pelo que a organização apela à participação de empresas que estejam dispostas a activar ou a reforçar a sua política de responsabilidade social.

«Qualquer empresa, pequena, média e grande pode inscrever-se. A inscrição e participação no Marketplace Lisboa não tem quaisquer custos envolvidos. Um restaurante, um ginásio, uma loja, um hotel, uma agência de comunicação e marketing, um hotel, uma financeira, uma consultora, um banco, um fotógrafo, uma empresa de IT, uma multinacional, todos são bem-vindos”, refere Natasha von Mühlen, organizadora do Marketplace.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...