Marcas podem encaixar 150 milhões com o Mundial

brasil-copa-mundo_rsDe acordo com um estudo divulgado pela consultora Cision, os principais patrocinadores da Selecção Nacional deverão ter um retorno total a rondar os 150 milhões de euros durante o Mundial de Futebol 2014, que arranca em Junho, no Brasil.

Segundo o estudo, realizado pela unidade de análise e ciências da informação da Cision, o retorno dos principais patrocinadores da equipa das Quinas deverá ser superior ao retorno encaixado nas últimas provas internacionais em que a Selecção Nacional marcou presença, nomeadamente o Mundial de 2010 (na África do Sul) e o Europeu de 2012 (Polónia e Ucrânia), que renderam, respectivamente, 132 e 98,5 milhões de euros aos sponsors.

“Em relação ao Mundial de Futebol de 2014, que irá decorrer entre Junho e Julho, no Brasil, estima-se que o valor de retorno total seja significativamente superior, atingindo, desta feita, os 150 milhões de euros”, sublinha a Cision em nota de imprensa.

O valor de retorno foi calculado no espaço editorial português, sendo que o estudo resulta da análise a mais de 2000 meios de comunicação social, entre televisão, rádio, online e imprensa. De acordo com a Cision, foram tidos em conta os custos publicitários dos meios de comunicação social em que as marcas foram referidas ou visíveis.

 

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...