Marcas de supermercados e telecomunicações são as mais recordadas em Portugal

No geral, 57% dos portugueses lembra-se de ter visto conteúdos publicitários de pelo menos uma marca, na última semana de Maio. Os dados mais recentes do serviço Tracking Genérica da Marktest indicam que, independentemente da classe de produto e do meio de comunicação, a recordação de publicidade manteve o seu nível global constante nas três primeiras semanas de Maio (em torno dos 60%). Porém, na última, registou-se uma ligeira descida.

As marcas mais recordadas voltam a ser as de super/hipermercados (que tinham perdido algum peso na semana anterior mas que conseguiram recuperar uma parte na seguinte) e as de telecomunicações (embora tenham descido um pouco no período em análise).

Destaque para as marcas de electrónica/electrodomésticos/informática que mantêm, nas duas últimas semanas de Maio, os cerca de 10% conquistados no início do mês. Segundo a Marktest, é “resultado de um equilíbrio entre a perda de referências da Worten e da Samsung e do aumento da Fnac e da Huawei”.

Em terceiro lugar no top das categorias de marcas mais recordadas pelos portugueses surgem os automóveis, com a Mercedes-Benz a ser uma das insígnias que mais perdeu referências na semana de 26 de Maio.

Por outro lado, higiene pessoal/cosmética é uma das categorias que mais subiu nesta semana, passando da oitava para a quinta posição. Neste caso, destacam-se os contributos da Pantene, Garnier e L’Oréal. Em sentido inverso, perdem peso a Adidas e a Nike.

O Tracking Genérica da Marktest revela ainda que, nas duas últimas semanas de Maio, globalmente, “as marcas habitualmente mais recordadas sofreram perdas ligeiras ou mantiveram a recordação face à semana 19”.

Ainda assim, as marcas que ocuparam as seis primeiras posições mantiveram-se pela mesma ordem nas duas semanas: Continente, NOS, Lidl, Pingo Doce, MEO, Vodafone, Intermarché, Samsung, BMW e Worten.

Recordação das Marcas – Tracking Genérica da Marktest
Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...