Marca de gelados Grom abre primeira loja em Portugal

Ambiente espectacular, pessoas que têm muito carinho pela marca e paixão pelo gelado. São estas as razões invocadas pela Unilever para trazer para Portugal a marca italiana Grom, dedicada ao desenvolvimento de gelados naturais, sem corantes nem aromas artificiais e sem glúten.

A primeira loja pode ser encontrada na Rua Garret, em Lisboa, onde são apresentados, todos os dias, 16 sabores, desde Morango a Avelã ou Gelado da Casa. As opções vão mudando, nomeadamente com a sazonalidade dos produtos, como explica Patrícia Neto, responsável da marca Grom em Portugal, à Marketeer.

«Acreditamos muito no nosso produto. A diferenciação vai ser no produto e na aposta na matéria-prima. Não temos químicos nenhuns, é um processo muito cuidado. Tenho noção da concorrência que temos, que é forte, mas o gelado é, de facto, muito bom», conta Patrícia Neto.

Parte dos frutos utilizados na confecção dos gelados – que acontece a 100% em Itália, partindo depois para as lojas nos vários países – é assegurada pela Quinta Mura Mura, certificada como orgânica. Porém, a marca Grom não pode ser apelidada de orgânica, pois essa característica não está assegurada em toda a cadeia.

GROM - Guido e Frederico + equipa da loja em Lisboa 3 (creditos Paulo Hoeven)

A vertente ambiental, por outro lado, está assegurada: a Grom suporta a reciclagem de todos os resíduos da sua cadeia de produção e não utiliza plásticos. Os copos, colheres e guardanapos são descartáveis biodegradáveis que, através do processo de compostagem, podem ser transformados em água e biomassa. O papel utilizado tem, ainda, a certificação da FSC (Forest Stewardship Council).

Para já, os planos da Grom para Portugal focam-se somente na primeira loja lisboeta, que já pode ser visitada todos os dias, entre as 11h e as 24h. A médio-longo prazo, gostariam de expandir para outras cidades e aumentar o número de pontos de vendas, segundo avança Patrícia Neto. A responsável também não exclui a hipótese de avançar com parcerias, nomeadamente com restaurantes, ainda que não esteja nada definido neste momento.

Criada em 2002, a Grom nasceu pelas mãos de Guido Martinetti e Federico Grom. A Unilever adquiriu a marca em 2015, no início do processo de expansão. De acordo com Patrícia Neto, a multinacional encontrou neste projecto os valores que procurava, nomeadamente sustentabilidade e preocupação com o ambiente.

Só em Itália, a Grom já tem mais de 60 lojas, mas não se fica por aqui. Também está presente em França, Estados Unidos da América, Inglaterra e, agora, Portugal. O passo seguinte será a China, segundo avança a mesma responsável.

Texto de Filipa Almeida

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...