Mais sociedade, mais economia, mais empresas e menos política

ricardo-florencio Ricardo Florêncio

Director Editorial Marketeer

Editorial publicado na edição de Março de 2014 da revista Marketeer

Em primeiro lugar o meu muito obrigado pelos inúmeros emails que me enviaram sobre o tema do meu editorial da edição de Fevereiro. Não podendo agradecer, nem responder, individualmente, deixo aqui, a todos, o meu apreço e o meu agradecimento. E desse modo, e indo ao encontro dos vossos pedidos, darei então seguimento a esta temática.

Escrevi na última edição que havia necessidade de um pacto de regime entre os três canais de televisão generalistas, no sentido de reduzirem os seus espaços noticiosos, e assim diminuírem o rol de notícias de carga negativa com que nos brindam todos os dias.

Lanço agora o desafio, não só a estes, mas a todos os órgãos de comunicação social, desde TVs, rádios, imprensa, e outros, que nos tragam mais notícias de sociedade, economia, empresas, cidadania, etc., tudo menos política. As pessoas estão cansadas da política, estão saturadas da nossa política. Brejeira, pequenina, agressiva, malcriada, etc. E deste modo, estão também cansadas de todo o espaço que é dado aos políticos, às intervenções e discursos demagogos que nada acrescentam, aos inúmeros debates perfeitamente dispensáveis, às conferências de imprensa que nada dizem, enfim, ao rol infinito de acções e momentos que apenas servem para se alimentarem a eles próprios, mas que os nossos medias vão a correr cobri-los, no vislumbre de mais alguma notícia, de alguma celeuma, discussão, intriga. E é disto que os portugueses estão cansados e fartos.

Assim, e reiterando a ideia inicialmente proposta, desafiava todos os OCS a darem notícias e notas de reportagem sobre as pessoas, a sociedade, a cidadania, as empresas, a economia, deixando para segundo plano tudo o que se relacionasse com a política e as suas intrigas.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...