Mais portugueses foram ao cinema em 2019

No geral, 2019 foi um bom ano para o cinema em Portugal. Dados do Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA) revelam uma subida tanto em termos de receita bruta como de espectadores nas salas nacionais. No que à receita diz respeito, verificou-se um salto de 5,6% em relação a 2018, tendo chegado aos 83,1 milhões de euros.

O número de espectadores, por seu turno, subiu 5% para 15,5 milhões. Entre Abril e Outubro, o crescimento foi consecutivo, mas os últimos dois meses do ano (bem como os três primeiros) não foram tão positivos.

Quanto ao filme mais visto do ano, “O Rei Leão” leva a taça: a reinterpretação deste clássico de animação da Disney levou perto de 1,3 milhões de espectadores às salas de cinema. O segundo lugar do top é ocupado por “Joker” com 899,5 mil espectadores. Seguem-se “Vingadores: Endgame”, “Frozen II – O Reino do Gelo” e “Toy Story 4”.

Uma vez mais, a lista dos filmes mais vistos vem comprovar que os portugueses são fãs de animação e de histórias de aventura/fantástico.

No que ao cinema nacional diz respeito, “Variações” foi o mais visto em 2019, somando mais de 278 mil espectadores. “Snu” aparece na posição seguinte, mas com um número de espectadores significativamente inferior: 82,9 mil. O top 5 é completado por “A Herdade”, “Tiro e Queda” e, ainda, “Tony”.

A Nos Lusomundo, por seu turno, encerra 2019 com o título de maior distribuidora e exibidora em Portugal, tendo registado aumentos de 13,9 e 4,5%, respectivamente, em termos de receita bruta.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Este exercício (simples) vai motivar os seus colaboradores
Automonitor
Nissan LEAF em modo drift