Mais de metade dos portugueses já se rendeu ao e-Commerce

Em Portugal continente, 56,8% da população com mais de 15 anos assume fazer compras online, assumindo que o preço é o factor mais preponderante aquando da escolha das lojas.

Os dados são do Barómetro e-Commerce da Marktest, revelando que 58,4% dos inquiridos assume que os preços mais baixos influenciam o site onde fazem as suas compras.

Depois deste motivo, a “Disponibilidade do artigo” (33,2%), “Conhecer a marca” (31,7%), “Os métodos de pagamento utilizados” (30,3%) ou as “Boas avaliações dos utilizadores” (30%) são os factores mais enumerados.

O Barómetro da Marktest revela ainda algumas diferenças entre homens e mulheres neste processo: se para as mulheres, a “Familiaridade” e os “Métodos de pagamento” são os factores mais relevantes imediatamente a seguir ao preço, os homens privilegiam “Disponibilidade dos artigos” e as “Boas avaliações de utilizadores”.

O estudo aponta ainda que hábitos de compra online estão a aumentar em Portugal e mais do que duplicaram ao longo da última década: 4,8 milhões os portugueses assumem comprar produtos através de plataformas digitais, 42% já o fazem pelo menos uma vez por mês e 12,1% admitem efectuar compras online pelo menos uma vez por semana.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...