Lusíadas Saúde reforça número de camas para apoiar o SNS

A Lusíadas Saúde disponibilizou mais 45 camas nos seus hospitais para ajudar a combater o aumento dos casos de COVID-19 no País, que estão a sobrecarregar o Serviço Nacional de Saúde (SNS).

De acordo com a rede privada de clínicas e hospitais, das 45 camas que foram adicionadas, 20 são para tratamento de doentes COVID-19 (cinco em Unidade de Cuidados Intensivos e 15 em enfermaria) e 25 camas destinam-se a internamento médico agudo de doentes não Covid-19.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo, a Lusíadas Saúde «passa agora a disponibilizar um total de 78 camas (que representam cerca de 40% da capacidade do grupo na região) para apoiar o SNS, incluindo um total de 20 camas para tratamento de doentes COVID-19 transferidos de hospitais do SNS da região», adianta o grupo em comunicado.

Na região norte, o Hospital Lusíadas Porto conta com 28 camas para internamento médico agudo de doentes do SNS. Já no Algarve, o Hospital Lusíadas Albufeira disponibiliza 15 camas (mais de metade da sua capacidade instalada) para o mesmo efeito.

Assim, o grupo Lusíadas passa a disponibilizar ao SNS um total de 121 camas, de norte a sul do País. Até ao momento, e através de protocolos celebrados com diferentes Administrações Regionais de Saúde, a Lusíadas Saúde já recebeu 391 doentes do SNS.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...