Lush Cosmetics contra areias petrolíferas canadianas

lush2A Lush do Oeiras Parque vai ser “inundada” de petróleo amanhã, pelas 12h00, com uma das colaboradoras da loja a ser totalmente coberta por esta substância. A acção marca o lançamento de uma campanha da Lush contra o petróleo das Tar Sands (areais petrolíferas) canadianas, que estará presente durante uma semana em 21 países na Europa.

No âmbito da filosofia ambiental da marca, que é a favor de energias limpas e renováveis, os seus responsáveis decidiram avançar com uma campanha de informação que pretende lançar um alerta sobre a situação que se está a verificar no Canadá: «A escassez de petróleo tem levado as empresas a voltar-se para as areias petrolíferas de Alberta, na tentativa de manter as reservas de petróleo disponíveis. Para extrair as Tar Sands, as florestas do Canadá estão a ser dizimadas, faixas de solo poluídas e água a ser utilizada para separar o petróleo da areia. Em resultado disto, as águas estão contaminadas com resíduos tóxicos, as terras devastadas, verificando-se já alterações ao nível climático», refere o comunicado enviado à imprensa.

O objectivo da Lush é mobilizar os consumidores para motivar os políticos europeus a proibir este combustível, já que a produção de petróleo derivada das Tar Sands emite três a cinco vezes mais CO2 durante a extracção, em relação ao petróleo convencional, segundo informa também a marca.

No âmbito desta campanha, a Lush criou uma edição limitada de gel de banho chamado “Sweet and Shower”. A venda deste novo produto reverterá integralmente (excepto impostos) para a Indigenous Environmental Network (IEN) que conduz campanhas e acções contra as Tar Sands.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...