Leya cria movimento de leitura em casa

A Leya está a pedir aos seus autores sugestões de leitura para ajudar a preencher os tempos livres em tempo de isolamento e quarentena. Pede também para que partilhem outras abordagens aos livros e à literatura. Como resposta, há já quem grave vídeos, quem envie textos ou partilhe poemas e quem colabore com a editora para ajudar todos os leitores a aproveitar da melhor maneira possível o tempo em casa.

Sob o mote #leyaemcasa, o movimento resultou num conjunto de conteúdos que a Leya já está a partilhar nas suas páginas de Facebook e Instagram, bem como nas redes sociais das suas chancelas.”Estamos certos de que esta participação generosa dos autores pode bem contribuir para ultrapassarmos com outro ânimo esta situação”, sublinha a editora em comunicado.

Sara Oliveira, autora do livro “Saudável e Sem Desperdício”, é uma das escritoras a responder ao apelo e aproveita a oportunidade para apresentar o seu projecto. Isabela Figueiredo, por seu turno, deixa uma sugestão de leitura: “A Gorda”.

A Leya garante que já recebeu muitos conteúdos por parte dos seus autores e que os mesmos serão publicados ao longo dos próximos dias.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...