Knok apresenta consultas médicas em vídeo

Até agora, a Knok era uma aplicação móvel através da qual os utilizadores podiam chamar um médico a casa na eventualidade de se sentirem mal. Mas esta já não é a única valência da plataforma 100% portuguesa.

Nos casos em que não é necessária uma consulta ao domicílio, a Knok oferece a hipótese de consultar um médico com recurso a vídeo. Desta forma, em situações menos graves ou em que o utilizador esteja fora de casa ou até mesmo no estrangeiro, basta pedir uma consulta em vídeo.

A Knok explica ainda, em comunicado, que o preço destas consultas é mais barato. Uma visita a casa pode custar entre 49 e 80 euros, dependendo da especialidade, ao passo que as consultas em vídeo têm o preço fixo de 20 euros.

“A nossa expansão chega no momento em que a saúde vive um dos seus períodos mais complexos”, refere a Knok, acrescentando que acredita ser parte da solução ao contribuir para a “humanização da relação médico-paciente”. Além disso, evita que as pessoas visitem as urgências desnecessariamente.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...