Josefinas: «As nossas clientes não são números»

Se é verdade que incerteza tem sido palavra de ordem nas notícias e conversas, também é verdade que resiliência demonstrou ser uma das principais características das empresas e das marcas que nelas vivem. Para perceber melhor o que está a ser feito em Portugal para lidar com a pandemia de COVID-19, a Marketeer quis ouvir quem está à frente de algumas das maiores organizações do País – de áreas como Turismo, Telecomunicações, Farmacêutica, Moda, Restauração, Tecnologia ou Seguros.

A todos foi colocada a mesma questão: o Mundo mudou e as marcas também vão ter de alterar a forma como comunicam e constroem relações de confiança. Que trabalho está a ser feito neste sentido?

Carolina Nelas, directora de Comunicação da Josefinas

Sempre defendemos que uma marca não pode representar, simplesmente, uma troca de serviços. Cada par de Josefinas é criado artesanalmente especialmente para cada encomenda e chega com um cartão escrito à mão, assinado pela pessoa que tratou da sua expedição.

Toda a equipa deseja, genuinamente, que a compra de umas Josefinas seja uma experiência extraordinária e, por isso, estamos sempre à distância de um comentário, um email, uma mensagem ou um telefonema. Fazemos tudo o que está ao nosso alcance para transmitir o verdadeiro cuidado e carinho que colocamos em cada pedido – as nossas clientes não são números e queremos que o sintam.

Durante os últimos meses, sentimos que as pessoas apreciaram (ainda mais) estes gestos, até porque, neste período mais delicado, as relações humanas tiveram ainda mais impacto. Sabemos que há sempre espaço para melhorar e é nisso que vamos continuar a trabalhar todos os dias, para que a compra de umas Josefinas seja realmente especial.

 

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...