Já conhece a Mainova? Vinhos e azeites de produção biológica e vegan

Há uma nova marca portuguesa de vinhos e azeites extra-virgem sustentáveis. Chama-se Mainova e propõe uma produção biológica e integrada, com pouca intervenção e certificado vegan. Com origem no Alto Alentejo, esta marca tem ainda como missão preservar a herança de gerações.

Talvez por isso tenha apostado na plantação de 90 hectares de oliveiras (Cordovil, Picual, Cobrançosa, Arbequina e Frantoio) e de 20 hectares de vinha. No que às uvas diz respeito, a aposta foi para castas que fazem sentido na região, mas também para outras menos prováveis, como a Baga ou o Encruzado.

E o nome? O nome vai buscar inspiração à responsável pela marca, Bárbara Monteiro, que toda a vida ouviu que era a “mainova”, sendo a mais jovem de três irmãs. Entretanto, decidiu dar continuidade ao projecto de família do pai e dedicar-se à produção de vinhos e azeites amigos do ambiente, na Herdade da Fonte Santa, no Vimieiro.

«Poder abraçar este projecto foi um grande desafio, mas também uma oportunidade de dar seguimento a um sonho de família. Sou apaixonada por esta região e pelos seus produtos locais e por isso mudei a minha vida e saí da grande Lisboa sem pensar duas vezes», conta Bárbara Monteiro.

Os produtos já podem ser encontrados à venda no site oficial da Mainova, sendo que neste momento o catálogo é composto por seis seis variedades de vinho (tinto, branco e rosé) e dois tipos de azeite extra-virgem. Para ajudar a dar vida aos vinhos, a Mainova conta com a colaboração do enólogo António Maçanita, que desde 2008 não aceitava projectos de consultoria.

Além da produção, o carácter sustentável da Mainova vê-se também nas embalagens: o lacre substitui as cápsulas; as garrafas são maioritariamente de vidro reciclado e recicláveis; os rótulos de papel reciclado ou com maior percentagem de algodão e as caixas de papel reciclado e recicláveis, sem qualquer utilização de plástico nas tintas.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...