Is all fake?

M.ª João Vieira Pinto
Directora de Redacção Marketeer

Fake. O que é falso? O que é real? Qual a fronteira entre o preto e o branco? O que é verdade no que fazemos, contamos, partilhamos, na forma como vivemos?

Fake. Notícias. Comunicação. Marketing. O que é que é construído e o que é que tem alicerces? Onde está a linha? Quem produz? Quem incita? Quem lê e propaga?

Quem comanda tudo o que nos chega e o que nos rege?

Quem de facto garante que a imagem não foi manipulada?

Que o vídeo não foi alimentado até ganhar tracção viral?

Que a notícia – como a conhecemos nos livros, em que há investigação, contradito, análise – afinal não é mais que um rolo imenso de histórias que importa criar. Para eleger ou derrotar, para ganhar ou levar a perder?

Chegamos ao final de 2020, naquele que foi dos anos mais condicionadores e desafiantes das nossas vidas. Em que tudo e todos nos puseram à prova. E em que o próprio condicionalismo em si é questionado por muitos: qual a real dimensão da pandemia, do seu impacto na saúde pública, quem a criou, ou se a criou…

Por isso, não podíamos deixar de levar este tema a debate. Num ano em que os eventos públicos foram condicionados, convidámos uma mão-cheia de responsáveis para debater o impacto da pandemia nos negócios, nos media, na comunicação. Para perceber até que ponto é que esta altura – em que o fake é paradigma – é um dos maiores momentos de verdade para as marcas. Conseguimos um evento híbrido com oradores presenciais e transmissão em streaming para dezenas de milhares de pessoas. Se tinha mesmo que ser assim, pois essa será uma verdade que eventualmente só daqui a vários anos vamos saber. Para já, o que nos dizem essas mesmas marcas é que o falso e o real, a verdade e a mentira, sempre estiveram presentes em cima de qualquer mesa. Mas que uma marca, para sobreviver e se manter no topo, não pode, nunca, deixar de ser fiel a si própria, aos seus clientes, aos seus fãs, aos seus stakeholders. E, esta sim, é a grande verdade: sermos fiéis a nós próprios.

É isso que a Marketeer também tem tentado sempre ser. Foi isso que quisemos assegurar e manter ao longo de 2020. É essa a promessa que aqui queixamos para 2021: continuar a fazer a melhor revista de Marcas em Portugal.

Um Bom Ano!

Editorial publicado na revista Marketeer n.º 293 de Dezembro de 2020

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...