Investimento publicitário global cresce 6,4%

481273329_rsO mercado publicitário global vai crescer este ano 6,4% segundo um relatório da Magna Global, unidade de estratégia global do grupo IPG Mediabrands, que detém em Portugal as agências de meios Initiative e UM. Recorde-se que em 2013 o crescimento se ficou pelos 4,4%.

Este será o ano de maior crescimento desde 2010, em resultado por um lado do crescimento económico e por outro, da ocorrência de eventos sazonais potenciadores do investimento publicitário, nomeadamente os Jogos Olímpicos de Inverno, o Campeonato do Mundo de Futebol e as eleições intercalares do Congresso norte-americano.

Em Portugal os sinais também indiaciam crescimento para este ano. Alberto Rui Pereira, CEO do IPG Mediabrands em Portugal, antecipa que «o crescimento de 8% do mercado publicitário durante os quatro primeiros meses do ano permite-nos estar optimistas». Mas, acautela no entanto que, «apesar dos bons sinais que já temos acerca de Maio e das boas perspectivas para Junho, com o Mundial de Futebol, há que ter em consideração que o segundo semestre de 2013 foi já bastante mais positivo do que o primeiro, pelo que o actual ritmo de crescimento claramente abrandará nos próximos meses. Ainda assim, os sinais actuais permitem antecipar pelo menos uma ligeira recuperação, o que não acontece desde 2007».

Os Estados Unidos da América serão um forte impulsionador do mercado global, com um crescimento previsto de 6%, que compara com os 2,4% de 2013. Depois de anos de estagnação, o mercado publicitário na Europa Ocidental irá registar um ligeiro crescimento, na ordem dos 2,2%, enquanto a Europa Oriental e a região Ásia-Pacífico crescerão a ritmos mais acelerados: 6,3% e 7,6%, respectivamente. A América Ladina, impulsionada pelo Campeonato do Mundo de Futebol, crescerá a dois dígitos (15,4%). A China ultrapassou o Japão, tornando-se o segundo maior mercado publicitário, atrás dos Estados Unidos da América que lideram este ranking.

No que respeita a meios, o digital continua a liderar o crescimento, num ano que se antevê positivo também para televisão
O digital crescerá em média 16%, ganhando dois pontos de quota no media mix global, passando a representar 27% do investimento publicitário global. Search, social media e vídeo, serão os motores deste crescimento. O mobile que representa actualmente 19% do investimento publicitário global em digital, deverá crescer 61% este ano, aumentando a sua participação no media mix digital, para 24%.

Os eventos desportivos globais deste ano favorecerão o crescimento do investimento publicitário em televisão, que deverá chegar aos 7%. Boas notícias também para a imprensa que, à boleia da recuperação do clima económico em 2014 poderá sair beneficiada, no entanto será insuficiente para travar a quebra deste meio no media mix publicitário global: jornais e revistas poderão decrescer 3% e 5%, respectivamente. A rádio que se manteve de algum modo resiliente às adversidades económicas dos últimos anos, poderá crescer 2% em 2014. Já o exterior deve crescer 4%.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...