Investimento em publicidade começa a recuperar. Rádio regressa ao crescimento

Com as pessoas a passar mais tempo em casa e com outras opções de entretenimento à disposição, as rádios foram uma das principais vítimas dos cortes em publicidade. No entanto, parece que a recuperação está à vista: dados disponibilizados pelo WARC mostram que os orçamentos destinados a este meio cresceram no passado mês de Julho.

As principais quebras registadas, a nível global, no ano passado ocorreram no mês de Maio, quando a pandemia se começou a fazer sentir de forma mais pronunciada nas diferentes regiões do planeta.

A mesma análise do WARC mostra que a rádio é, ainda assim, o meio que menos cresce. Exterior, TV, mobile e digital (excluindo mobile) são os meios que registam subidas mais expressivas nos orçamentos de publicidade. No sentido inverso, imprensa é o único meio que ainda não conseguiu regressar ao crescimento.

O WARC indica também que, em Julho, os orçamentos dedicados a publicidade e marketing cresceram em todas as regiões analisadas, mas que a Europa se destacou. As Américas e a região Ásia-Pacífico também apresentam aumentos significativos.

No geral, a previsão é de uma recuperação a dois dígitos (12,6%) nos gastos em publicidade em 2021. Transporte & Turismo, Telecomunicações & Utilities e Media & Publishing são as áreas que apresentam o crescimento mais rápido.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...