Instagram proíbe influenciadores de promoverem tabaco

Tabaco e produtos de vaping entraram para a lista negra de artigos que não podem ser promovidos pelos influenciadores digitais presentes no Instagram. Armas também fazem parte desta lista, segundo adianta a própria rede social no seu blog.

O Instagram explica que as novas restrições têm como objectivo proteger a comunidade e que serão transversais a todo o Facebook. Porém, o Instagram poderá mesmo ser a plataforma mais afectada por esta novidade, uma vez que é o meio de eleição para os influenciadores digitais.

As novas regras abrangem também produtos alcóolicos e suplementos dietéticos. Nestes casos, o formato branded content terá mais restrições, mas o Instagram não adianta exactamente quais. Revela apenas que entrarão em vigor no próximo ano.

“Os criadores no Instagram são uma parte vital da nossa comunidade e vamos continuar a investir ainda mais recursos em 2020 para ajudá-los a crescer os seus negócios”, adianta o Instagram. Até aqui, os influenciadores não eram alvo de regras tão apertadas como os restantes meios publicitários, apesar de também promoverem a compra de bens e serviços. Agora, passam a ter de ter os mesmos cuidados que os restantes anunciantes.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Burnout: seis sinais de alerta a que deve estar atento
Automonitor
Nissan LEAF em modo drift