Informação procurada na televisão e no digital

mediabrand_logo_final_aiA televisão, que em Portugal absorve 50% do investimento publicitário, é para o consumidor português um suporte informativo, realidade que contrasta com os restantes países europeus. Este meio é utilizado como forma de desanuviar da pressão do dia-a-dia. Este é um dos resultados do estudo Connection Panel da Mediabrands, estrutura de suporte da área de media e comunicação do Grupo Interpublic que agrupa em Portugal a Initiative, a BrandConnection e a UM. Em Portugal o estudo foi efectuado junto de 1.500 consumidores, juntando-se aos dados dos 20 países onde já fora realizado. Quando comparado com os restantes países estudados, em Portugal existem menores índices de leitura de jornais diários surgindo a televisão como um substituto no que toca ao poder informativo tradicionalmente associado à imprensa.

No que respeita ao digital, o meio é identificado pelo consumidor português como um suporte informativo, mas dependendo da temática em questão. Por exemplo, cerca de metade dos inquiridos referiu recorrer à Internet para se manter informado sobre o tema “bebés e crianças” (em primeiro lugar surge a televisão com quase 70% dos consumidores a consultar este suporte) e sobre “férias e viagens”.

Instados a identificar as acções de comunicação mais divertidas e agradáveis, a maioria dos consumidores portugueses refere as promoções e concursos de rádio e activações de rua. Os vídeos online surgem apenas no sexto lugar nesta análise.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Qual é, afinal, o papel do líder?
Automonitor
Primeiro Porsche 911: Uma obra-prima alemã