Inês Veloso (Randstad): «As pessoas quando voltarem ao escritório não vão ser as mesmas»

O maior desafio para os Recursos Humanos neste novo mundo híbrido que a pandemia desencadeou é perceber que há um ecossistema de decisões que têm de ser tomadas. Quem o diz é Inês Veloso, directora de Marketing e Comunicação da Randstad, segundo a qual a escolha não se faz apenas entre trabalho híbrido, presencial ou remoto.

É preciso olhar para a comunicação, para a liderança, para o bem-estar dos colaboradores, entre outros aspectos, para garantir que o modelo de trabalho que emerge da situação de crise sanitária é favorável.

«Trata-se de olhar para todo este ecossistema e perceber como é que eu agora vou trabalhar, inclusivamente no caso das pessoas que trabalhavam em modelo presencial. Essas pessoas, se voltarem para o escritório, não vão ser as mesmas», afirma a responsável – uma das oradoras da 16.ª Conferência Marketeer, onde protagonizou uma apresentação sob o mote “A experiência está em mute”.

Acompanhe o testemunho de Inês Veloso na íntegra:

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...