Impacto da pandemia no calçado português abaixo do previsto

Portugal registou uma diminuição de 13,2% na produção de calçado, o que se traduz em 66 milhões de pares. Ainda assim, foi metade da quebra registada por Itália (26,8%) e Espanha (26,5%).

A produção e as exportações mundiais de calçado caíram 15,8% e 19%, respectivamente, de acordo com World Footwear 2021 Yearbook. A APICCAPS afirma que o efeito da pandemia no sector do calçado foi menor do que se esperava, destacando o facto de o calçado português resistiu melhor do que os concorrentes internacionais.

No plano externo, Portugal continua a apresentar, entre os principais produtores mundiais, o segundo maior preço médio de exportação. No segmento específico do couro, Portugal posiciona-se como como o 9.º exportador mundial, com uma quota de 3,1%. No segmento waterproof, Portugal ocupa o quarto posto a nível mundial, com uma quota de 3,7%.

A APICCAPS refere que a queda da produção mundial, de 15,8%, correspondente a quatro mil milhões de pares, um número que destrói todo o crescimento acumulado nos últimos dez anos.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...