IKEA vai abrir loja sem lugares de estacionamento

A pé, de bicicleta, de transportes públicos ou boleia. Estas serão as únicas formas de chegar à nova loja da IKEA em Viena. A marca de mobiliário e decoração está a construir um ponto de venda sem lugares de estacionamento, pelo que levar o próprio carro não será uma opção.

Com sete andares e bem no centro da capital austríaca, a nova loja estará em linha com as ambições da IKEA no sentido de se tornar mais sustentável. Ao não disponibilizar um parque de estacionamento, a insígnia incentiva os seus clientes a escolher formas de mobilidade mais amigas do ambiente.

A Fast Company lembra que esta é uma mudança drástica na forma como a IKEA tem desenhado os seus espaços. Em Burbank, nos EUA, por exemplo, a loja da IKEA tem 1700 lugares para automóveis. Em Lisboa, o estacionamento também tem uma dimensão significativa: além dos lugares disponibilizados no edifício da própria loja, foi construído um parque à parte com quatro pisos.

Em Viena, porém, o cenário será totalmente diferente: “O edifício está pensado para os peões, utilizadores do metro, eléctrico e ciclistas – não há espaço para carros”, escreve a IKEA no site da loja. Junto ao novo espaço há uma paragem de eléctrico e após uma curta caminhada de três minutos surge uma estação de metro.

A mesma publicação sublinha que quaisquer artigos que os clientes não consigam levar consigo facilmente num destes tipos de transporte serão entregues ao domicílio. “Não são precisos lugares de estacionamento porque não existem produtos para comprar que necessitem de um carro”, indica ainda a IKEA.

Mas o que fará a IKEA com o espaço que a ausência de parque de estacionamento deixa livre? Jakob Dunkl, proprietário do ateliê de arquitectura responsável pelo projecto, dá umas luzes. Em declarações à Fast Company, o responsável pelo Querkraft adianta que dois pisos serão transformados em hostel. Haverá também um terraço no telhado aberto ao público e que funcionará como parque repleto de plantas. Ao todo, a loja terá 160 árvores – que se estendem também pela fachada.

O piso térreo, por outro lado, albergará retalhistas de um edifício antigo que tiveram de sair para permitir a construção da loja.

Foto de Jo&Joe

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...