Hyundai, markeeter do ano

hyundai-assurance-programA construtora automóvel ganhou a distinção de marketeer do ano, eleita por 40% dos leitores da AdAge.com, nos Estados Unidos da América, ultrapassando marcas como a Walmart, McDonald’s, Lego e Amazon.

Em Fevereiro de 2009, os Estados Unidos acordaram com o sector financeiro a entrar em colapso, o desemprego estava a dirigir-se para os 8%, depois de ter estado nos 4,8% no ano anterior. A maioria dos anunciantes contrariou a onda, e marcas como a Coca-Cola ou a Pepsi ofereciam visões alegres e felizes cheias de sacarina que afastavam a sombria realidade.

Houve um anunciante que não o fez. No terceiro trimestre, num anúncio com uma paisagem típica de anúncio automóvel, uma voz anunciava: «compre um Hyundai novo e se perder os seus rendimento no próximo ano, pode devolvê-lo sem qualquer impacto no seu crédito».

Foi com esta jogada arrojada, que a Hyundai, uma marca automóvel que não é conhecida por ter um marketing destemido, começou um assalto frontal e sério a uma recessão que não estava a desencorajar o entusiasmo dos consumidores, mas sim a afogá-lo. E apesar do seu Assurance Program ter recebido um enorme apoio, esta não foi a única forma de avançar. A Hyundai também resolveu investir no topo do mercado, com esforços bem sucedidos para impulsionar o Génesis, a sua gama de entrada no mercado dos automóveis de luxo, com a presença da marca durante a Super Bowl com nove “spots”.

A quota de mercado da Hyunday nos EUA subiu para os 4,3% nos primeiros 10 meses de 2009, comparativamente com os 3,1% que tinham no período homólogo. Em Setembro, enquanto toda a indústria sofria quedas nas vendas na ordem dos 22%, a Hyuday conseguiu aumentar as vendas do seu novo veículo em 27%, o que representa 31.511 unidades.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...