Honda, Nissan e Mazda detectam problemas no airbag

honda_jpg_475x310_q85_rsAs fabricantes automóveis Honda, Nissan e Mazda estão a chamar cerca de 2,9 milhões de veículos à revisão em todo o mundo devido a problemas com o sistema de airbag, que poderiam originar um incêndio. Nos três casos, o airbag foi fornecido pela mesma empresa, a japonesa Takata.

A Honda chamou à revisão cerca de 2,03 milhões de veículos em todo o mundo, produzidos entre Agosto de 2000 e Dezembro de 2005. A Nissan ordenou a retirada de 755 mil automóveis, dos quais 128 mil no Japão e 228 mil na América do Norte, enquanto a Mazda chamou à oficina mais de 159 mil viaturas.

O sistema de airbag foi produzido pela subsidiária norte-americana da Takata. Esta não é, contudo, a primeira vez que os sistemas de segurança da empresa nipónica dão problemas. Entre Abril e Maio de 2013, a Honda e a Toyota, clientes da Takata, chamaram à revisão mais de quatro milhões de veículos devido a defeitos no airbag. Na altura, a Takata foi multada em cerca de 300 milhões de dólares (cerca de 220,9 milhões de euros, ao câmbio actual).

De resto, e segundo a agência Reuters, nos últimos cinco anos foram detectados problemas e chamados à revisão mais de 10,5 milhões de veículos equipados com airbags fabricados pela Takata. Para além da Honda, Nissan e Mazda, a empresa nipónica – a segunda maior fabricante mundial de sistemas de segurança para automóveis – fornece ainda marcas como Toyota, BMW, Chrysler e Ford.

 

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...