H&M é a marca de moda mais transparente do Mundo

A quinta edição anual do Fashion Transparency Index atribui o primeiro lugar à H&M. A marca sueca foi considerada a insígnia de moda mais transparente do Mundo, após uma análise a 250 das maiores marcas e retalhistas. O ranking é elaborado com base na quantidade de informação que disponibilizam sobre as respectivas políticas sociais e ambientais.

A H&M conquistou uma pontuação de 73% (num total possível de 250%), ficando à frente da C&A (70&), Adidas/Rebook (69%), Espirit (64%), Marks&Spencer (60%) e Patagonia (60%). O top 10 das mais transparentes conta ainda com The North Face/Timberland/Vans/Wrangler (59%), Puma (55%), Asos (55%) e Converse/Jordan/Nike (55%).

Por outro lado, há 10 marcas que não conseguiram sequer um ponto. São elas: Bally, Belle, Elie Tahari, Heilan Home, Jessica Simpson, Max Mara, Mexx, Pepe Jeans, Tom Ford e Youngor. Nota-se, ainda assim, uma melhoria em relação ao ano passado: 28% das marcas tiveram uma pontuação de 10% ou menos versus 36% das insígnias no ano passado com o mesmo tipo de resultado.

No geral, a edição de 2020 do relatório mostra que 23% é a pontuação média das marcas contempladas – mais 2% do que em 2019 e mais 3% do que em 2017. A categoria de Políticas & Compromissos é aquela que apresenta maiores níveis de transparência, ao passo que a de Know-How é uma das com piores resultados.

Segundo o índice, as marcas de consumo de massas são as que mais se destacam em termos de transparência, mas também as marcas de luxo apresentam progresso em relação a edições anteriores. A Gucci é a marca de luxo com melhor pontuação, chegando aos 48%.

Sarah Ditty, da Fashion Revolution (entidade responsável pelo relatório), sublinha que o Fashion Transparency Index não é um exame a quão éticas ou sustentáveis são as marcas. É, por outro lado, uma medição da sua transparência.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...