Há logótipos inusitados à solta no Facebook e a culpa é do desafio #atélogos

Circulam pelo Facebook logótipos que juntam, por exemplo, pepino e pasta de dentes ou puzzles e bananas. As combinações improváveis são resultado de um desafio sob o mote #atélogos, através do qual os profissionais (ou não) da criatividade são convidados a exercitar a imaginação e a criar conceitos fora da caixa em tempo de quarentena.

A ideia partiu de João Mescas, creative art director na FunnyHow?, que decidiu combater os dias de isolamento com aquilo que dá mais gozo aos profissionais do sector: a criatividade. «Sem grandes rédeas, com briefings abertos e, por vezes, inusitados (sem clientes nem refinamentos). Eu já o fazia como exercício criativo e esta pareceu-me uma boa altura para desafiar outros a participar!», conta o profissional à Marketeer.

O desafio começou na passada quinta-feira e logo no primeiro dia somavam-se cerca de 20 novos #atélogos. Quatro dias depois, o desafio já ultrapassou fronteiras e chegou a países como Estados Unidos da América, China e Alemanha, revela ainda João Mescas. Ao todo, já terão nascido mais de 60 logos a partir deste projecto (tendo em conta os perfis/publicações que são públicos).

«É também por esta escalada, e pelo feedback positivo, que conto criar em breve um grupo aberto no Facebook, para que toda a gente possa partilhar (e acompanhar!) estes #atélogos», adianta ainda João Mescas.

Mas como se processa tudo isto? Para já, ainda sem grupo criado no Facebook, o desafio recorre à lógica de uma corrente, em que cada participante passa um briefing a outros três amigos. Este briefing pode conter uma marca/empresa/serviço bem como um elemento obrigatório. O logo que resultar daqui deverá ser criado no prazo de 24 horas e partilhado nas redes sociais para dar continuidade ao movimento.

Em baixo, conheça alguns exemplos de logos criados a partir do desafio:

Texto de Filipa Almeida

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...