Guia Prático para Famílias Monoparentais apoia mulheres que sonham ser mães

As clínicas IVI desenvolveram um manual pensado para mães independentes que têm pela frente vários estigmas associados ao facto de engravidarem sem um companheiro presente. O novo Guia Prático para Famílias Monoparentais visa «apoiar as mulheres que têm o sonho de serem mães, esclarecer algumas das suas maiores inquietações e dar-lhes a segurança e o suporte de que necessitam para seguir em frente», segundo explica Filipa Santos, psicóloga da IVI Lisboa.

A profissional, que também é uma das autoras do guia, sublinha que ainda é comum existirem sentimentos de culpa ou egoísmo, bem como medos associados à decisão de ter um filho sem pai. De acordo com Filipa Santos, algumas mulheres têm de renunciar a um modelo de família idealizado no passado e «é importante que partilhem esta decisão com as pessoas que lhes estão mais próximas e que tenham algum suporte».

O novo Guia Prático para Famílias Monoparentais apresenta-se como um complemento da consulta de psicologia disponibilizada pelas clínicas IVI e onde é analisada a decisão da maternidade independente. «Apesar de chegarem até nós com a decisão tomada e de terem toda uma equipa de suporte para esclarecer todas as dúvidas e receios, sentimos que era necessário ir mais além. Daí a ideia de criar um guia», adianta a psicóloga.

Em Portugal, a alteração à lei da Procriação Medicamente Assistida, em 2017, permitiu o acesso de mulheres sem companheiro aos tratamentos de reprodução. Em alguns casos, as mulheres optam por esta alternativa à adopção por quererem viver o lado biológico da maternidade, ou seja, a gravidez e o parto.

No entanto, nem todas as pessoas aceitam bem esta possibilidade e é preciso aprender a ultrapassar comentários desagradáveis, incluindo por parte da família: «Aconselhamos que a comunicação seja feita de uma forma explícita e aberta. Estas pessoas fazem parte da esfera mais íntima e os comentários que poderão fazer, à partida, não serão mal-intencionados. Por vezes, os outros também têm o seu caminho a fazer.»

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...