Grey Group devolve Leão de Bronze

O resultado do processo de reavaliação levado a cabo pelos Cannes Lions referente ao trabalho “I Sea”, criado pelo Grey Group Singapore, ainda não é conhecido mas a agência decidiu devolver o Leão de Bronze que ganhou. A agitação nas redes sociais, mas também nos meios de comunicação, terá levado a agência a tomar a decisão.

Em comunicado citado pela AdAge, Owen Dougherty, chief communications officer do Grey Group, lembra que a agência é uma das mais premiadas do Mundo, tendo ganho inclusivamente mais de 90 Leões na edição deste ano do festival. Contudo, explica o responsável, os ataques injustos de que tem sido alvo relativamente à campanha “I Sea” fazem com que tenham decidido devolver o Leão de Bronze que ganharam com este trabalho em específico. «A expressão “nenhuma boa acção fica impune” aplica-se a este caso», escreve Owen Dougherty.

“I Sea” é uma aplicação que promete ajudar a causa dos refugiados ao dar a qualquer pessoa, de qualquer parte do globo, a possibilidade de vigiar o mar e detectar possíveis embarcações. A ideia é que possam, depois, contactar as autoridades responsáveis e alertar para o potencial perigo que aquelas pessoas correm. Porém, têm sido muitos os comentários a afirmar que a “I Sea” não funciona e que é apenas um esquema fraudulento para o Grey Group ganhar mais um prémio. O festival acabou mesmo por decidir investigar a situação mas a agência antecipou-se.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...