Governo anuncia novo apoio a fundo perdido para o Turismo

As empresas ligadas ao sector do Turismo vão beneficiar de um «incentivo financeiro a fundo perdido aos investimentos a realizar», que pode chegar aos 15 mil euros, anunciou ontem o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira.

O novo programa designa-se “Adaptar Turismo” e será lançado «nos próximos dias», prometeu Pedro Siza Vieira. De acordo com o governante, o sector do Turismo está a registar um aumento da procura, mesmo num período que coincide com o final da época alta e o início da época baixa, pelo que faz sentido manter os apoios já existentes, e lançar novos.

«A retoma que agora estamos a viver vai coincidir com a entrada na época baixa. Neste momento, em que temos sinais claros de recuperação, ainda sentimos que temos de fazer mais um esforço», afirmou o ministro da Economia, na sessão de abertura da conferência “Retomar o Crescimento – Dia Mundial do Turismo”, promovida pela Confederação do Turismo de Portugal (CTP).

Até ao momento, sublinhou o governante, as ajudas ao sector já totalizaram 3300 milhões de euros, lembrando que o «Governo já anunciou a prorrogação dos mecanismos de apoios ao emprego em vigor até ao próximo ano.»

Além disso, Pedro Siza Vieira anunciou que, em breve, haverá também uma nova linha de crédito de apoio à tesouraria das empresas ligadas ao Turismo. «Teremos de continuar a assegurar que as empresas podem ter acesso à liquidez. Continuaremos a disponibilizar linhas de crédito na medida do necessário. Algumas estão activas, mas, nas próximas semanas, vamos lançar uma nova linha de crédito de apoio à tesouraria», garantiu.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...