Google vai despedir 1200 trabalhadores da Motorola

motorolaA Google prepara-se para despedir cerca de 1200 colaboradores (ou 10% da força laboral global) da unidade de hardware da Motorola Mobility, avança a edição de hoje do The Wall Street Journal. De acordo com a mesma fonte, os despedimentos irão ocorrer nos Estados Unidos da América, China e Índia.

A medida vem a público cerca de sete meses depois de a Google ter anunciado a intenção de eliminar 4000 postos de trabalho (ou 20% da força laboral) na empresa que adquiriu em meados do ano passado por 12,5 mil milhões de dólares. «Estes cortes são a continuação do plano de reduções que anunciámos no Verão passado», confirma Gabe Madway, porta-voz da Motorola Mobility. «É obviamente muito difícil para os trabalhadores implicados, e comprometemo-nos a ajudá-los a ultrapassar esta transição complicada», acrescenta.

De acordo com o The Wall Street Journal, os colaboradores foram avisados da decisão por email durante esta semana. “Os nossos custos são muito elevados, estamos a operar em mercados onde não somos competitivos e estamos a perder dinheiro”, terá escrito a Motorola no email.

Apesar de ter sido adquirida pela Google, a Motorola continua num ciclo de perdas operacionais, com destaque, pela negativa, para os segmentos de smartphones e tablets. No último semestre de 2012 a empresa acumulou um prejuízo operacional de 850 milhões de dólares (cerca de 648,9 milhões de euros). No fim de 2012, a empresa tinha 11.113 trabalhadores no total.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...