Google garante que não está a planear um novo tipo de cookies

Sente que está a ser seguido quando navega na internet? A culpa poderá ser das cookies, ferramenta criada para acompanhar o comportamento dos internautas, conhecer os seus gostos, preferências e hábitos. No ano passado, a Google anunciou que o browser Chrome irá remover o suporte para cookies de terceiros e, agora, garante que esta será uma medida definitiva e sem possíveis clones.

“Hoje, tornamos explícito que, assim que os cookies de terceiros forem eliminados, não criaremos identificadores alternativos para monitorizar indivíduos enquanto navegam na web, nem os iremos usar nos nossos produtos”, indica a Google em comunicado.

A necessidade de deixar esta mensagem aos utilizadores prende-se com o facto de terem surgido dúvidas sobre a possibilidade de as cookies serem substituídas por uma alternativa semelhante. Segundo a Google, não serão usadas outras ferramentas de monitorização.

Um estudo do Pew Research Center mostra que 72% das pessoas sente que quase tudo o que faze online está a ser monitorizado por anunciantes, empresas de tecnologia ou outras empresas. Além disso, 81% diz que os riscos potenciais que enfrentam devido aos dados recolhidos superam os benefícios.

São números como estes que levam a Google a remover os cookies de terceiros no seu browser. Esta falta de privacidade apontada pelos utilizadores está também na base do Privacy Sandbox, projecto que visa o desenvolvimento de inovações que protejam o anonimato e que, em simultâneo, garantam resultados aos anunciantes.

“Manter a Internet aberta e acessível a todos exige que todos façamos mais para proteger a privacidade – e isso significa não apenas o fim dos cookies de terceiros mas também de qualquer tecnologia usada para rastrear pessoas individuais enquanto navegam na web”, acrescenta ainda a Google.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...