Google elimina mais de 5 mil anúncios maus por minuto

A Google bloqueou e removeu 2,7 mil milhões de anúncios maus, no ano passado, o que equivale a mais de cinco mil anúncios maus por minuto. Dados divulgados hoje dão conta também da suspensão de perto de um milhão de contas de anunciantes devido a violações de políticas da gigante tecnológica.

No que a publishers diz respeito, a Google informa que encerrou mais de 1,2 milhões de contas e que removeu anúncios de mais de 21 milhões de páginas da web.

«As pessoas confiam na Google quando procuram informações e estamos comprometidos em garantir que estas pessoas também possam confiar nos anúncios que vêem nas nossas plataformas», explica Scott Spencer, vice president of Product Management, Ads Privacy & Safety na Google.

O mesmo responsável sublinha que este compromisso é especialmente importante em tempos de incerteza, como aqueles que se têm vivido por conta da pandemia de COVID-19. Scott Spencer garante que a Google tem acompanhado de perto o comportamento publicitário de modo a proteger os seus utilizadores.

«À medida que a situação evoluiu, vimos um pico de anúncios fraudulentos para produtos necessários como máscaras faciais», adianta. Estes anúncios publicitavam artigos com preços inflaccionados, descrições erradas e imagens que representavam de forma enganadora a qualidade do produto.

A Google dedicou, por isso, uma task force ao novo coronavírus, que permitiu bloquear e remover dezenas de milhões de anúncios.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...