Gap ganha 130 milhões com máscaras de protecção

Com as lojas encerradas e os consumidores mais preocupados com outro tipo de compras, a Gap decidiu investir na produção de máscaras de protecção. A aposta parece ter sido vencedora, já que a empresa diz ter ganho 130 milhões de dólares (aproximadamente 109 milhões de euros) com a venda destes novos indispensáveis.

Segundo a CNBC, a Gap vende máscaras tanto ao consumidor final como a organizações ou entidades, como é o caso da autarquia de Nova Iorque ou do estado da Califórnia.

No total, a Gap fechou o trimestre que terminou a 1 de Agosto com vendas no valor e 3,28 mil milhões de dólares (2,8 mil milhões de euros), o que representa uma quebra na ordem dos 18% em relação ao mesmo período do ano passado. A culpa da descida será essencialmente do comércio físico, uma vez que as vendas online dispararam 95%.

Para Sonia Syngal, CEO da Gap, a forma como conseguiram alterar o negócio é o melhor exemplo possível daquilo que ambicionam em termos de cultura de empresa. Neste momento, adiantou a responsável em conferência de imprensa, a Gap é o primeiro resultado de pesquisa para quem procura “face mask style guide”.

Além da marca homónima, a Gap conta também com as insígnias Banana Republic e Old Navy no seu portefólio. Todas elas têm as suas próprias máscaras à venda, com diferentes padrões e cores.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...