Ficção nacional não pára. Portugal e Espanha juntam-se em nova produção para a RTP

“Chegar a Casa” é o nome da nova série da RTP que junta Portugal e Espanha. Depois de “Auga Seca” – a primeira série nacional na HBO -, a SPi volta a juntar-se a uma equipa do país vizinho, desta feita a produtora CTV, para dar vida a uma história que conta com Joana Seixas no papel prinicipal.

Desenvolvida em co-produção, a nova série de ficção já iniciou gravações, sendo que os actores irão rodar tanto em Arco de Valdevez como em Santigo de Compostela, até Dezembro. No elenco português constam ainda nomes como Rosa do Canto, Anabela Moreira, Rúben Gomes, Rui Melo, Alfredo Brito, Rodrigo Tomás e Duarte Melo. Já do lado galego, os principais papéis cabem a Miguel Ángel Blanco e Sara Casasnovas.

A realização cabe a Sérgio Graciano e o argumento a Filipa Poppe e Joana Andrade. São estes os elementos escolhidos para contar a história de uma mulher que regressa à sua terra natal, em Portugal, depois de 15 anos em Espanha.

«As gravações decorrem dos dois lados da fronteira e seguem todas as regras de prevenção da pandemia, demonstrando bem a capacidade e a resiliência da nossa produção audiovisual. A série vai estrear na RTP1 no segundo trimestre do ano e conhecerá seguramente uma circulação internacional relevante», garante José Fragoso, director da RTP1.

Em comunicado, José Amaral, managing director da SPi, acrescenta que a concretização deste projecto em tempo de pandemia representa a continuidade da actividade «numa época muito complicada para o sector audiovisual em termos de produção mas, por outro lado, um momento único em que o consumo de conteúdos atinge níveis históricos e onde a SPi dá seguimento à sua estratégia».

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...