Festival da Canção junta compositores conhecidos e novos talentos

A edição do próximo ano do Festival da Canção vai ter um modelo de funcionamento ligeiramente diferente do habitual. Tal como no ano passado, a RTP irá convidar um conjunto de compositores a apresentar canções originais e inéditas, cabendo-lhes a definição dos respectivos intérpretes.

Porém, os convites serão enviados a apenas 17 pessoas, restando três vagas no Festival da Canção 2018. Uma delas vai ser preenchida por um artista escolhido pelo vencedor do ano passado, ou seja, Luísa e Salvador Sobral vão ter a oportunidade de nomear um concorrente.

As duas vagas restantes serão ocupadas por novos talentos. Um deles resultará do programa de rádio “Master Classe” da Antena1. O outro será descoberto por entre o público: qualquer pessoa poderá candidatar-se espontaneamente ao Festival da Canção, enviando uma canção original e inédita com uma duração máxima de três minutos. Neste caso, podem concorrer todos os cidadãos de nacionalidade portuguesa ou residentes em Portugal, tenham ou não trabalhos publicados (incluindo portugueses que vivam fora do País e cidadãos dos PALOP ou de outras nacionalidades que residam em Portugal).

Os 20 concorrentes serão divididos, depois, em duas semi-finais, a ter lugar nos dias 18 e 25 de Fevereiro, nos estúdios da RTP em Lisboa. a grande final está marcada para 4 de Março, no Multiusos de Guimarães – será a primeira vez que a competição acontecerá fora da capital portuguesa.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Nissan LEAF em modo drift