Facebook investe em machine learning para detectar produtos falsificados

O Facebook anuncia hoje novas funcionalidades que prometem reforçar a segurança de marcas e anunciantes. O grande destaque vai para o investimento num sistema de machine learning que visa detectar e bloquear suspeitas de contrafacção, garantindo que produtos falsificados não são colocados à venda ou promovidos de qualquer forma na sua plataforma.

A Ferramenta de Pesquisa de Propriedade Intelectual em Anúncios é outra das novidades do Facebook neste âmbito. Trata-se de uma solução desenvolvida para capacitar as marcas no sentido de conseguirem identificar com facilidade conteúdos que contenham propriedade intelectual que lhes pertença.

Para utilizar esta ferramenta, basta proceder à inscrição e começar a pesquisar e monitorizar os anúncios. Se uma marca encontrar conteúdos que infrinjam os direitos de autor podem denunciar os mesmos e aguardar pela resposta da equipa de revisão (habitualmente, no prazo de um dia). Se for considerado necessário, os conteúdos são removidos.

A partir de agora, esta funcionalidade permite ainda a pesquisa de imagens e a inclusão de resultados de empresas que vendem nas lojas do Facebook ou através de publicações no Instagram.

“O objectivo do Facebook é garantir que as suas plataformas sejam adequadas e agreguem valor tanto para as pessoas como para os anunciantes, estando comprometido em tornar as plataformas melhores e mais seguras para os consumidores e para as marcas”, aponta o Facebook em comunicado.

É também neste sentido que os proprietários de direitos de autor passam a poder reivindicar a sua propriedade intelectual e recolher o lucro que advém de anúncios na rede social baseados nas suas criações – mesmo quando os seus conteúdos são usados por outras marcas ou páginas.

Desta forma, as páginas podem usar conteúdos de outras pessoas sem que os mesmos sejam removidos. Basta que compensem devidamente o autor, se as duas partes estiverem de acordo com essa opção.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...