Facebook impede anunciantes de discriminar minorias

Impedir que determinados grupos sociais tenham acesso a um conjunto específico de anúncios no Facebook vai deixar de ser permitido – pelo menos nos Estados Unidos da América. A rede social assinou um acordo com o Estado de Washington, em que garante que irá avançar com alterações na sua plataforma de publicidade de modo a que os anunciantes não possam discriminar com base na religião, orientação sexual ou etnia dos utilizadores, por exemplo.

Apesar de o acordo ter sido estabelecido com o Estado de Washington, prevê que a mudança seja alargada a todo o país no prazo de 90 dias, segundo avança a AdAge. Não se sabe, porém, se as restantes geografias em que o Facebook está presente serão alvo do mesmo tipo de medidas.

«Publicidade discriminatória não tem lugar na nossa plataforma e continuaremos a melhorar os nossos produtos publicitários para que sejam relevantes, eficazes e seguros para todos», indica Will Castleberry, vice-presidente do Facebook para State & Local Policy.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...