Facebook compra empresa de reconhecimento facial

O Facebook adquiriu a Face.com, empresa israelita especialista em reconhecimento facial. Com esta operação, a empresa liderada por Mark Zuckeberg poderá inovar a ferramenta de identificação de utilizadores nas milhões de fotografias que são colocadas diariamente na rede social.

A operação foi anunciada por Gil Hirsch, presidente executivo da Face.com, através de um post publicado no blogue da empresa. Apesar de não ter revelado os montantes envolvidos no negócio, uma fonte ligada ao processo adiantou ao Financial Times que o Facebook despendeu “algumas dezenas de milhões de dólares”. De acordo com o site israelita Newsgeek, o acordo ficou entre 80 e 100 milhões de dólares.

No entanto, a ligação entre o Facebook e a Face.com não é recente. Em 2009, a empresa israelita lançou o Photo Tagger, uma aplicação que permite que os utilizadores da rede social identifiquem os seus amigos nas fotografias. Na semana passada, a mesma empresa lançou a aplicação Klik, que utiliza tecnologia de reconhecimento facial para identificar um conjunto de amigos no momento em que a fotografia está a ser tirada. Desde que foi lançada na App Store, esta aplicação móvel já foi descarregada mais de 125 mil vezes.

Agora, a compra da empresa sediada em Tel Aviv vai permitir que o Facebook disponha de outras potencialidades da tecnologia de reconhecimento facial, como a capacidade de identificar o estado de espírito das pessoas fotografas – se estavam tristes ou contentes, por exemplo.

«A nossa missão sempre foi, e continua a ser, a de encontrar novas e interessantes formas de tornar o reconhecimento facial algo divertido e que envolva as pessoas», escreveu Gil Hirsch. «Ao trabalharmos directamente com o Facebook, e juntarmo-nos à sua equipa, teremos mais oportunidades para construir produtos espectaculares para os consumidores – isso é tudo o que sempre quisemos», acrescentou o CEO da Face.com.

No mesmo tom, o Facebook congratulou-se pelo negócio. «As pessoas que usam o Facebook gostam de partilhar fotografias e memórias com os seus amigos, e a tecnologia da Face.com tem ajudado a oferecermos a melhor experiência de fotografia», afirmou Ashley Zandy, porta-voz da rede social, citada pelo Financial Times.

Desde que entrou em bolsa, há cerca de um mês, o Facebook tem intensificado a sua estratégia de aquisições, sobretudo para dinamizar o seu negócio no mercado dos dispositivos móveis. Desde o início de Abril, a rede social já adquiriu a aplicação de fotografias Instagram, a aplicação baseada em geolocalização Glancee e a empresa de social-gifting Karma.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...