Exportações de frutas, legumes e flores saltam 10% no primeiro trimestre

O primeiro trimestre de 2020 foi positivo para a indústria portuguesa de frutas, legumes e flores: as exportações cresceram 10% em relação ao mesmo período de 2019, chegando aos 398 milhões de euros. A União Europeia foi responsável por 77% do total das exportações, de acordo com dados do INE divulgados pela Portugal Fresh.

O segmento com um crescimento mais assinalável corresponde ao das frutas, cujas exportações aumentaram 18,3% para 165 milhões de euros. Os preparados de frutas e legumes, por seu turno, registaram uma evolução de 6,3% para 114 milhões de euros. No sentido inverso, os legumes recuaram 1,1% para 82 milhões de euros, entre Janeiro e Março deste ano.

Quanto às flores e plantas ornamentais, as vendas para mercados externos subiram 12,2% para 37 milhões de euros. Porém, o INE dá conta já de um decréscimo de 2,3% nas duas últimas semanas de Março, como consequência da pandemia de COVID-19.

«Este sector estava a registar um crescimento muito interessante em Janeiro e em Fevereiro, de 34,5% e 10,6%, respectivamente, face aos mesmos meses de 2019. Mas o mês de Março já registou um decréscimo de 2,3%», sublinha Gonçalo Santos Andrade, presidente da Portugal Fresh.

Por esta altura, a associação notou uma «interrupção abrupta das encomendas de mercados muito importantes como Espanha, Reino Unido, França e Alemanha».

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...