EUA ataca produtos de vaping com sabores

A Food and Drug Administration (FDA), entidade responsável por supervisionar todos os produtos alimentares e medicamentos nos Estados Unidos da América, vai obrigar as empresas que vendem cigarros electrónicos com sabores a retirar os seus produtos das prateleiras. De fora desta nova ordem ficam apenas os produtos de vaping com sabor a tabaco e mentol.

O objectivo será suspender apenas os sabores frutados, que poderão apelar especialmente a consumidores de faixas etárias mais jovens. A FDA já alertou até a marca Juul, entre outras, de que os seus artigos estão a ser utilizados por menores.

Segundo adianta o The Verge, a FDA promete medidas regulatórias caso as recargas com sabores continuem à venda dentro de um mês. «Acreditamos que esta medida equilibra a urgência com a qual devemos encarar a ameaça à saúde pública que a utilização de cigarros electrónicos pelos jovens representa e o potencial papel que os cigarros electrónicos podem desempenhar em ajudar a transição de adultos fumadores de tabaco de combustão para uma alternativa potencialmente menos prejudicial», explica Stephen Hahn, comissário da FDA.

A autoridade garante que não se trata de banir por completo estes produtos, deixando a porta aberta para futuros artigos com sabores. Porém, não permite a sua forma actual de comercialização.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Máquinas a substituir humanos e mais trabalhadores freelancer? Será assim o mundo do trabalho em 2040
Automonitor
Nissan LEAF em modo drift