Estudantes transformam lixo da EPAL em candeeiro

O que fazer com os materiais excedentes que já não têm utilidade? Transformá-los num candeeiro é uma opção, segundo mostra o desafio “Design Circular por Natureza”. Lançado pela EPAL aos alunos da ETIC, o desafio passava por pensar em propostas de merchandising que reaproveitassem papel, cartão, lonas, telas publicitárias e garrafas Fill Forever em fim de vida.

Um dos projectos vencedores parte de todos estes materiais para dar vida a uma peça de design exclusivo, um candeeiro que contribui para a diminuição da pegada ecológica da EPAL. Ao todo, foram premiados três alunos (ou grupos de alunos): Filipa Meias e Mariana Freire em primeiro lugar, Sofia Taboada em segundo e a dupla André Fonseca e Catarina Rita em terceiro.

A todos os vencedores foram entregues prémios monetários para reconhecer o trabalho desenvolvido. Segue-se, agora, a estapa de produção da ideia vencedora, ficando a manufactura a cargo de uma IPSS.

“Esta iniciativa representa um extraordinário exemplo de como a colaboração entre escolas e empresas pode gerar inovação e excelentes resultados rumo à optimização dos recursos utilizados”, refere a EPAL em comunicado.

pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...